Nossos alunos falam da importância do projeto QUEM VOCÊ QUER SER?

Nossos alunos falam da importância do projeto QUEM VOCÊ QUER SER?

Quando os jovens ingressam no Ensino Médio, as tendências para a escolha de alguma carreira começam a manifestar-se um pouco mais objetivamente. Optar por uma carreira para seguir é uma tarefa não muito fácil para muitos, igualmente para adolescentes de 14 a 17 anos. Nessa idade, são poucos os adolescentes que se conhecem o suficiente para tomar uma decisão certeira. Por isso, não raramente, muitos descobrem, já adultos, que gostariam de ter outra profissão.

O trabalho de orientação profissional do Programa Quem você quer ser? entra como ponto de partida para atender à necessidade, cada vez mais presente, de orientar os adolescentes de Vila Velha na realização de uma escolha profissional consciente e adequada ao seu projeto de vida.

Para a adolescente Fernanda de Souza Santos, do polo Morada da Barra, o projeto é um grande incentivador para a escolha da sua carreira. Ela, que pensa em ser bióloga, fez inscrição para o programa no início do ano e foi uma das selecionadas a participar dos cursos, oficinas e trabalho e palestras durante o ano de 2015, diz que também sempre recebeu apoio da família. Fernanda frisa ainda que sempre se auto motivou para enfrentar uma série de desafios em sua vida e se mostra sempre uma garota de bem com a vida e ansiosa para iniciar seus trabalhos como bióloga.

IMG-20150901-WA0002

Fernanda, aluna do polo Morada da Barra

Outra aluna motivada é Shayra Soares da Silva, do polo do bairro Divino Espírito Santo. Shayra, que ainda não tem certeza de que quer seguir a carreira de Arquitetura e Urbanismo, também vem frequentado as aulas e as oficinas desde o início do programa e acredita que o programa a auxiliará na escolha da profissão certa: “Quero também entender melhor o que acontece no mercado, como é o dia a dia de profissionais e se tenho realmente aptidão para a carreira de arquiteta”. Shayra ainda frisa que está gostando muito do programa das aulas e se mostra cada dia mais participativa.

Shayra, aluna do polo Divino ES

Shayra, aluna do polo Divino ES

Perguntado sobre qual a profissão que queria seguir o aluno Ronald Casotto Ramos não teve dúvidas: “Quero ser bombeiro ou policial” e diz que o maior incentivador é o próprio pai, que é militar. Procurou o programa porque tem a expectativa de que as aulas o auxiliem na preparação para enfrentar, num futuro próximo, o mercado de trabalho. “Procuro também oportunidades em vagas de menor aprendiz, não vejo a hora de ter contato com o mundo profissional”, frisa Ronald que, assim como os outros adolescentes do programa, estão em busca de orientação e acompanhamento nesta fase de escolhas.

Ronald, aluno do polo Divino ES

Ronald, aluno do polo Divino ES

O programa segue até fina de Novembro com orientação aos alunos e também oferecendo abordagem de assuntos como Marketing Pessoal,  Empreendedorismo, Como Elaborar um Currículo atrativo e Comportamento nas entrevistas, dentre outros.

Mora em Vila Velha e quer também participar deste programa? Entre em contato através do e-mail: contato@icias.org.br e fale com a Lucilene.

 

 

Leave a Comment